quarta-feira, 10 de maio de 2017

Plano de Carreira deverá ser debatido em audiências na Câmara



O Plano de Carreira dos servidores municipais deverá ser debatido em audiências na Câmara de Taubaté assim que for protocolado pelo Executivo na Casa, por solicitação do requerimento nº 917/2017, de Guará Filho (PR), aprovado pelos vereadores na sessão dia 8.
No requerimento, o autor lembra que o prefeito enviou para a Casa o projeto em 31 de março, retirou no dia 4 de abril, para reexaminar a matéria, protocolou novamente o projeto dia 11 de abril e no dia 28 solicitou a retirada novamente.
Presidente da Comissão de Justiça, o autor do requerimento afirmou que não teve oportunidade de comparar os dois projetos apresentados e que, com as audiências, o objetivo é que haja participação dos principais interessados no assunto, os servidores públicos. Por isso, solicita que sejam realizadas após as 18h.
Unitau
Os vereadores aprovaram requerimento nº  920/2017, de Guará Filho, que pede informações do reitor da Universidade de Taubaté sobre os gastos mensais com os professores que realizam pesquisas nacionais e internacionais, e os gastos mensais com professores substitutos, inclusive o número atual de substitutos.

Na justificativa, o autor considera que a Unitau possui programas de pesquisa, e inúmeros professores se dedicam exclusivamente a eles, em muitos casos, no exterior, gerando necessidade de contratação de substitutos. Leva em contra os custos destes profissionais fora do Brasil e a crise pela qual o país está passando, que tem tido reflexos nas contas da Universidade. 

Um comentário:

  1. Falta saber quando os vereadores de Pinda darão atenção aos servidores públicos locais... Plano de Carreira é promessa de diversos candidatos nas últimas campanhas, desde a época do João Ribeiro, porém passada a eleição ninguém fala mais sobre o assunto...

    ResponderExcluir