quinta-feira, 19 de julho de 2018

Obstáculos para preparar profissionais para os novos empregos.

Walter Vicioni Gonçalves
Diretor Estadual do SENAI e Superintendente Estadual 
do SESI do Estado de São Paulo, licenciado até 07/10/2018.




“Choca me ver o desbarato dos recursos públicos para educação, dispensados em subvenções de toda natureza a atividades educacionais, sem nexo nem ordem, puramente paternalistas ou francamente eleitoreiras”.
Anísio Teixeira, educador e escritor, em 15/04/1958.

Muito tem se dito sobre a necessidade da indústria brasileira incorporar novas tecnologias em seus processos de produção, para aumentar sua capacidade de competir numa economia globalizada. Pata tal incorporação, a formação de profissionais com novos perfis é fundamental, mas encontra vários problemas que precisam ser urgentemente superados.

Os obstáculos começam em âmbito governamental. Não há diretrizes claras sobre as áreas que devem ser consideradas prioritárias para a formação profissional. Assim, é urgente uma solução de convergência das politicas educacional, industrial e tecnológica, para orientação e para incentivos dos cursos nas áreas consideradas estratégicas para o país. Precisamos ter um Plano de Nação, um projeto para o nosso futuro.

Ainda, em âmbito do governo, outro grande obstáculo é a existência do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos do Ministério da Educação, que limita a oferta dos cursos técnicos, determinando para cada um deles denominação, carga horária mínima e perfil profissional de conclusão.

Para atualização da relação de cursos, o Ministério da Educação recebe propostas periodicamente. Cada proposta é submetida à apreciação do Comitê Nacional de Políticas de Educação profissional e Tecnológica (CONPEP) e encaminhada ao Conselho Nacional de Educação (CNE), para emissão de parecer, a ser homologado pelo ministro da Educação e, posteriormente, publicado na forma de resolução.

A única abertura dada às Escolas para agilizar o processo é a oferta de curso técnico experimental. Porém, essa solução é temporária, porque o curso só poderá ter continuidade se for reconhecido pelo órgão normativo do sistema de ensino em três anos e incluído no Catalogo Nacional dos Cursos Técnicos no prazo de cinco anos.

Desta forma, o MEC impõe uma burocracia inimaginável numa realidade dinâmica e que exige rápida revisão e atualização dos cursos e respectivos currículos. Ao invés de facilitar a adequação da oferta de cursos técnicos, as normas vigentes criam barreiras ou protelam iniciativas fundamentais para que as empresas tenham profissionais com perfil adequado.

E quais são esses profissionais que terão maiores oportunidades de emprego nas empresas com as novas tecnologias?

Nossa experiência de acompanhamento dos movimentos de mercado de trabalho confirma a tendência apontada por estudo do Federal Reserve Bank of St. Louis, que estima crescimento dos empregos nas categorias de trabalhos manual e cognitivo não rotineiros.

Assim, estão em alta ocupações já existentes como encanador e confeiteiro, que trabalham com destreza e criatividade aliadas a competências técnicas, que podem variar de uma para outra tarefa. Também estão em alta novas ocupações, como especialista em inteligência artificial, criadores de games com aplicações industriais, entre outras.

No outro extremo, com tendência de declínio de empregos, estão os trabalhos manuais e cognitivos rotineiros. Quanto mais repetitivos e padronizados, mais fácil sua substituição por processos automatizados.

E, então, chegamos ao obstáculo mais sério. A formação profissional só cumprirá sua missão de preparar esses profissionais, que terão mais oportunidades de emprego, se for alicerçada numa sólida Educação Básica.

Durante essa Educação Básica, os alunos devem ter oportunidades de compreender, contextualizar, pesquisar e aplicar conhecimentos e conceitos; descobrir a beleza inerente a cada criação e a cada processo de produção; buscar sempre atualização e novas aprendizagens; ser critico e questionador em uma realidade dinâmica e em permanente transformação.

Ainda na Educação Básica, é preciso considerar competências interpessoais (trabalhar em equipe, desenvolver o senso de cooperação, respeito e valorização das diferenças etc.) e intrapessoais (como desenvolver a capacidade de lidar com emoções e ter autocritica).

É importante investir – como já fizemos, com êxito – na expansão dessa proposta educacional, voltada para uma nova sociedade e para um novo mundo do trabalho. Chega de gastos em programas pontuais e parciais, descolados da realidade. Chega de constatar perda de recursos, em consequência dos mesmos problemas levantados por Anísio Teixeira há exatos 60 anos. Um mundo em mudança exige uma nova educação.

Walter Vicioni Gonçalves
Diretor Estadual do SENAI e Superintendente Estadual do SESI do Estado de São Paulo, licenciado até 07/10/2018.

Giro da Política





- Pelo visto as coisas não andam bem na Secretaria de Saúde de Pindamonhangaba, depois de muita confusão, prorrogação de intervenção do Pronto Socorro, já com contrato da ABBC vencido e falta de gestão administrativa das Patatis Patatas, fomos surpreendidos com a portaria nº 5.044, de 11 de julho, na qual a servidora de carreira Áurea Piorino, irmã do atual vice-prefeito, é exonerada, e segundo informações foi ela quem fez o pedido para sair do cargo de gerente de unidade. Áurea é uma servidora de conduta séria, não saiu atoa do cargo e segundo informações irá pedir para sair da comissão interventora do Pronto Socorro também, será que viu algum buraco no barco e está saindo antes do naufrágio?
- Quem a cada dia que passa está ganhando muitos adeptos e apoio na sua pré-campanha a deputado estadual é o presidente licenciado do Sindicato dos Metalúrgicos Herivelto Vela, o parceiro está correndo tanto em busca de apoio que até conseguiu terminar com tranquilidade os 4,5 Km da Corrida Pinda.
- Falando em Corrida Pinda queremos parabenizar os professores Everton Chinaqui e José Mauro, e demais colaboradores pela organização do evento Corrida Pinda.
- Por outro lado a organização do Juca Teles deixou a desejar, e se não fosse o lanche dado pela Secretaria de Esportes para os servidores que trabalharam eles iriam ficar sem nada até às 20 horas, será que é caro dar um Guaraná com marmitex para quem trabalhou das 6 às 20 horas?
- Outra confusão envolveu os assessores de Isael com a Polícia Militar e com a empresa que alugou o som e as tendas, será que estão se achando a última bolacha do pacote?
- Falando em tenda gostaríamos que os vereadores e o Ministério Público apurassem se a Prefeitura pagou do dia 11 a 14 de julho o aluguel das tendas e shows, pois não teve nada oficial do Aniversário da Cidade no local.
- Muitos partidos e pré-candidatos estão fazendo pesquisa política de trabalho para poder formatar as suas respectivas campanhas que começam em 15 de agosto. Quem vem sendo apontado, embora não seja candidato é o professor Everton Chinaqui, e ai deputado Andre do Prado, preste atenção e cole no menino, pois ai achamos que sai voto.
- As cosias estão tão ruim na atual administração que o forro da lateral da Prefeitura está caindo, e nos últimos dias teve que levar até o caminhão pipa para desentupir um dos sanitários do local. Que coisa em.
- A secretaria de obras pelo visto está querendo se tornar a de esportes pois, um servidor técnico de segurança depois de provocar um da defesa civil tomou umas bordoadas será que a secretaria está virando ringue de UFC? Já na subprefeitura tem colega supostamente roubando a bicicleta do outro. Fato encobertado. Existe também um Boletim de Ocorrência de numero 94/2018 de ameaça de um servidor com outro. Atenção Dr Isael e Ricardo Piorino, está na hora de chamar os secretários e diretores para ter uma conduta mais responsável, de valorização do servidor, de respeito aos mesmos e que atitudes como estas não ocorra mais daqui para frente.
- No ultimo dia 14, um pequeno grupo realizou no centro da cidade um ato em apoio a pré-candidatura de Bolsonaro a presidente.

Lar Irmã Terezinha realiza almoço solidário




O Lar Irmã Terezinha realizará o seu 14º Almoço Solidário neste domingo (22), a partir das 11h30, na sede da entidade. O almoço terá como cardápio macarronada, salada, legumes, arroz, feijão e farofa a vontade com opção de duas misturas.
A contribuição para participar do almoço é no valor de 18 reais. O Lar Irmã Terezinha fica a São João Bosco, 706, Santana. Mais informações na secretaria do Lar.  
Descrição: https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif

Pinda vai receber castramóvel


Cidade recebeu emenda parlamentar para a compra de um castramóvel para complementar o atendimento

Pindamonhangaba está iniciando o atendimento de castração de cães e gatos do município. O serviço gratuito irá atender, preferencialmente, animais de famílias atendidas por projetos sociais.
Inicialmente, será implantado o projeto de castração itinerante nos bairros, daqui a aproximadamente 60 dias, com recursos próprios. Serão atendidos 1400 animais, e a licitação para a contratação da empresa já foi finalizada.
O próximo passo será a aquisição, por parte da Prefeitura, de seu próprio Castramóvel. Na terça-feira (17), o prefeito Isael Domingues recebeu, em seu gabinete, representantes de protetores de animais do município. A cidade foi contemplada com emenda parlamentar de R$120 mil para a compra de um castramóvel e também está prevista uma emenda de R$120 mil para a compra de insumos a serem usados neste serviço.
Nesta próxima etapa com o Castramóvel, a Prefeitura vai licitar uma empresa credenciada pelo CRMV - Conselho Regional de Medicina Veterinária, que fabrique um veículo adaptado para os atendimentos veterinários. A implantação deste serviço móvel está prevista para 2019, pois, além dos trâmites burocráticos, o projeto depende da aprovação do CRMV.

quarta-feira, 18 de julho de 2018

PSDB de Pindamonhangaba se reúne para discutir as eleições de 2018 e o atual cenário político brasileiro.



A aliança de juventude e experiência: essa é a receita do PSDB de Pindamonhangaba. Com diversas lideranças de todos os segmentos o PSDB se reuniu para debater sobre a campanha de seu maior líder, Geraldo Alckmin, à Presidência da República, discutiram ações que serão tomadas, inclusive os dados a serem divulgados sobre tudo o que Geraldo Alckmin fez por Pinda, pois é importante que a população tenha ciência de todo o trabalho realizado pelo Governador.

SOS de Pindamonhangaba divulga cursos da entidade



Confiram os cursos programados no SOS na área de estética que estão com matrículas abertas. Todos os cursos são apostilados e com certificado e as mensalidades tem preços acessíveis para população.
Os cursos são: manicure, pedicure e unhas artísticas; massagem modeladora, redutora e relaxante, curso completo de cabeleireiro; cabelereiro masculino; curso de maquiagem; curso de depilação e curso design sobrancelhas.
Mais informações como valores e horário dos cursos podem ser obtidas no telefone (12) 3642-2787. O SOS de Pindamonhangaba fica a rua Dr. Frederico Machado, 270, São Benedito.

Campanha Pinda Acessível será lançada nesta quarta-feira




Pindamonhangaba caminha para se tornar uma cidade mais acessível. Hoje (18), às 19 horas, será realizada a cerimônia de lançamento da Campanha Pinda Acessível. O programa é uma parceria entre a Prefeitura de Pindamonhangaba, a BioMob e uma Escola de Pindamonhangaba.
De acordo com informações do Departamento de Turismo da Prefeitura, a intenção é que os locais turísticos da cidade se adequem para receber turistas com necessidades de acessibilidade. Também está prevista uma capacitação para os funcionários da Prefeitura que trabalham com acessibilidade, como lombofaixas e rampas, além de adaptações dos prédios públicos.
O evento acontecerá na rua Suíça, 1255, Santana.