sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Prefeitura começa a aposentar funcionários sem notificação



A Prefeitura de Pindamonhangaba publicou no jornal oficial da cidade da sexta-feira (31), a exoneração compulsória por idade (70 anos) de 19 servidores públicos. A decisão segue o processo interno 9970/2014, conforme o artigo 40, paragrafo 1°, inciso II, da Constituição Federal. Além desses 19 servidores, existe uma lista de mais de 60 nomes para serem exonerados.
Sabemos que a Prefeitura está cumprindo a lei, mas até para cumprir a lei ela tem que ter respeito as pessoas e uma maneira mais humana de dizer que ela não pode mais trabalhar em órgão público, fato que a Prefeitura publicou este decreto e que os dispensados não foram se quer comunicados.
Em contato com a professora Maria Helena ela estava chateada e desapontada com a maneira que foi feito, pois ela só ficou sabendo que não é mais funcionária a partir de novembro pelo jornal.
Não está na hora do prefeito dar um puxão de orelha na Secretaria de Administração, responsável pelo setor de RH.
Falando da professora Maria Helena podemos citar o excelente trabalho de base que faz no vôlei feminino e somando todos os professores da Secretaria de Esporte ela coloca todos nos bolsos em numero de alunos o que a partir de novembro a tendência é acabar de vez.


Cabeças devem rodar na Prefeitura



A rádio pião começou a falar e fumaças a sair do Palácio de Vidro que o mês de novembro deverá iniciar com cabeças rolando na Prefeitura. O primeiro nome supostamente a cair será, segundo os boatos, do diretor de Finanças Sidervan o motivo é que ele é professor de história e não tem credenciamento para o cargo.
Outro nome é do diretor de RH Silvio que segundo informações já teve um convite para o seu substituto, o atual diretor de Arrecadação João Muniz que se encontra de férias e só responderá na semana que vem.
Um fator que está deixando muitos assessores de cabeça quente é a determinação do MP com relação aos cargos de gerentes e coordenadores, pois no entender da justiça esses são cargos que deverão fazer parte do plano de carreira e não de comissionados.
O esporte volta a ser destaque na bandeja da guilhotina e segundo informações o acidente do menino do Araretama pode ser a gota d’ água do atual secretário.
Mas o fator que chama atenção dentro da atual administração é a queda de braços entre os secretários Nobertinho e Edson Macedo, pois ambos tem o apoio da justiça, Nobertinho é afilhado do promotor e deputado Fernando Capez que comentam nos bastidores políticos que ele é o anjo do prefeito nos tribunais. Já Edson Macedo funcionário de carreira do Ministério Público e afilhado do deputado Vaz de Lima que também tem muita força juntos aos delegados e promotores.
Fica a pergunta para que lado a primeira ministra vai pender? A controvérsias que ela quer ser soberana, mas a sua filha trabalha no gabinete de Capez, diante de todos esses rumores o prefeito chegará em novembro com o caldeirão fervendo e que tem que tomar decisões, pois a partir de agora o seu time tem que funcionar, trabalhar e se unir visando a reeleição de 2016.    


Câmara aprova por unanimidade contrato do Pronto Socorro



Os vereadores aprovaram hoje por unanimidade o contrato da Prefeitura com a Santa Casa da Misericórdia para administração do Pronto Socorro Municipal. O valor aprovado foi de 1 mi 300 mil reais mensais.  Com esta renovação uma das obrigações da Santa Casa é uma reforma nas instalações para atender melhor a população.

Nesta sessão para aprovação do contrato teve a presença da secretária de Saúde Sandra Tutihashi, da diretora de Saúde Dr. Maristela e do administrador da Santa Casa Camilo Aloncio.   

Associação do Mombaça agradece Prefeitura






A Associação dos Bairros Mombaça, Mariana e Campo Belo agradece a Prefeitura pela limpeza feita no Reduto dos Pássaros, onde deixou livre a fluência do rio e também diminuiu os mosquitos e pernilongos, deixando o bairro com um visual mais bonito.
Segundo o presidente Benedito Miranda, a Associação confia que a Prefeitura além desta limpeza também faça outras melhorias para o bairro.
Falando em Associação está marcada para o dia 14 de dezembro a festa de natal das crianças, que já está contando com o apoio dos moradores e comerciantes.


Briga entre vizinhos em Pinda gera indenização



Uma briga entre vizinhos em Pindamonhangaba, em 2004, foi julgado pelo acordão da 10ª Câmara de Direito Privado do TJSP que julgou procedente ação de indenização ajuizada no valor de R$ 33.900 por danos morais e R$550 por danos materiais.
De acordo com os autos, em outubro 2004, o autor, ao tentar apartar uma briga entre vizinhos e a cunhada dele, foi agredido com um objeto no olho direito e teve perda parcial da visão. Uma das agressoras recorreu da decisão de primeira instancia e alegou que não havia provas suficientes que comprovassem sua participação no evento.

Para o relator Elcio Trujilli, as agressões suportadas pelo autor são passiveis de indenização.  

Atleta Fisiculturista de Pinda vence Mister Universe



O atleta fisiculturista José Luis, “Grilo”, conquistou o primeiro lugar no concurso de fisiculturismo Mister Universe 2014, na categoria Class 4 competindo com 15 atletas. O evento foi realizado no dia 25 de outubro, no teatro Southport, na Inglaterra e contou com a presença de atletas de diversos países.
O campeão Grilo foi convidado para se tornar atleta profissional Nabba internacional, seu objetivo agora é manter-se no profissional, um nível que requer grandes compromissos e gastos, sua meta para 2015 é competir na Irlanda onde vai precisar de novos patrocinadores.
Hoje o atleta conta com o apoio da Prefeitura de Pindamonhangaba, Sports Nutrition, Rock Gym, Grilo Suplementos e academia Grilo Muscle.
O atleta pindense é o único do Vale do Paraíba a conquistar o Mister Universe. Em 2014 foi um ano de muitas conquistas importantes para a sua carreira de Bodybuilder, conquistando os seguintes títulos: Campeão brasileiro overall 2014 - Nabba Brasil, Campão mundial Class 4 – Irlanda, Campeão Mister universe class 4 – Inglaterra e Nabba Pro top 7.


quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Munícipe reclama da alta taxa do guincho



Fomos procurados em nossa redação por uma munícipe que relatou o seguinte fato: que o seu filho conduzia a sua moto e em uma blitz descobriu que a documentação estava vencida e imediatamente teve a sua moto aprendida e conduzida por um guincho ao pátio.
A reclamante afirmou que o prazo para legalização dos documentos e a retirada da moto do pátio tem que ocorrer em cinco dias corridos e ao ir a Polícia Militar para agilizar o envio da documentação para o CIRETRAN disseram que era um prazo de cinco dias úteis, o que mostra um desfavorecimento para o munícipe.
Outro fato questionado por ela foi que conseguiu regularizar dentro do prazo de cinco dias úteis e ao ir retirar a moto no pátio foi cobrado uma taxa de guincho de 221 reais e ainda não deram nenhum recibo.
O valor cobrado segundo a munícipe é um absurdo, pois há meses, ela teve seu carro quebrado indo para Ubatuba e pediu para trazer até a oficina próximo ao Bosque no período da noite e pagou apenas 90 reais e por isso ela questiona o trajeto do guincho da praça até o Alto do Cardoso durante o dia cobrarem esta alta taxa.
No entanto ela pede providência pelos órgãos fiscalizadores para ver se não existe uma tabela, se os guinchos não são obrigados a emitir notas e porque que o munícipe tem que resolver toda a documentação em cinco dias corridos e a polícia tem cinco dias úteis para enviar a documentação no setor de trânsito, para ela falta respeito e um pouco mais de consideração com a população.